Petrobras bate recorde em economia e reúso de água

postado por aleile @ 1:02 PM
8 de outubro de 2013

Mais de 23 bilhões de litros de água, quantidade suficiente para abastecer uma cidade com cerca de 550 mil habitantes; foi o volume de reúso do recurso natural alcançado pela Petrobras, em 2012. Entre as ações de economia, a empresa elaborou o Guia Técnico sobre Conservação e Reúso de Água em Áreas Administrativas, com orientações e medidas práticas que podem ser aplicadas em prédios da companhia. A economia resultante de ações de racionalização e reúso garante à Petrobras uma fonte segura de abastecimento e contribui para a redução de captação de água que pode ser destinada ao consumo humano.

A Estação de Tratamento e Reúso de Água (Etra), responsável pelo tratamento dos esgotos sanitários e industriais de toda a empresa, começou a funcionar em julho de 2012. Integrada ao Etra, a captação de água de chuva contribui para o descarte estimado de 600 milhões de litros de água, o que representa uma economia de R$ 12 milhões em consumo de água potável e tratamento de esgoto, assim como a autonomia de consumo de água por quatro dias, sem a necessidade de recorrer ao abastecimento público.

A Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais, foi a primeira a fazer o reúso de efluente em seu sistema de resfriamento, empregando o processo de dessalinização por eletrodiálise reversa (EDR). Com essa tecnologia, a unidade economizou, em 2012, 420 milhões de litros de água, equivalentes ao consumo de 8 mil habitantes. No mesmo ano, a Refinaria Henrique Lage (Revap), em São Paulo, tratou até 300 mil litros por hora de efluentes.

Somente na Revap, a economia anual pode chegar a 2,6 bilhões de litros de água por ano. A unidade implantou, ainda, um projeto pioneiro no uso da tecnologia de biorreatores a membranas (MBR) para o tratamento biológico de efluentes oleosos de refinarias. Já na Refinaria do Paraná (Repar), foi inaugurada uma nova estação de tratamento de despejos industriais com a tecnologia de MBR, que permite o reúso de 200 mil litros por hora de efluentes.

Com todas as iniciativas em suas unidades, a Petrobras pretende, até 2015, obter uma economia superior a R$ 35 bilhões de litros de água por ano, utilizando novos projetos de reúso em refinarias.

Deixe seu comentário.